sexta-feira, 8 de junho de 2018

Pão de Tomate e Alecrim com Fermento Natural


Esse é um pão muito aromático, o alecrim espalha seu perfume durante todo processo e se mantém mesmo nos dias seguintes. A cor poderia ter ficado mais intensa, talvez por ter feito apenas meia receita, a quantidade de polpa foi menor e não marcou o pão como eu gostaria. Algo a se adequar numa próxima oportunidade.

Pão de tomate e alecrim
(Pães - Emmanuel Hadjiandreou)

- 400g de farinha de trigo branca
- 10g de sal
- 4g de alecrim fresco picado, usei seco
- 6g de cominho-preto, não usei, substituí por chia
- 40g de purê (ou polpa) de tomate
- 200ml de água morna
- 300g de fermento natural
- 2 colheres (chá) de azeite
Preparo:
Misture a farinha, o sal e o alecrim em uma tigela, essa é a mistura seca.
Em uma tigela grande misture a água e o purê de tomate até uniformizar.
Acrescente o fermento natural e misture. Junte o azeite e mexa bem.
Adicione a mistura seca à líquida e misture até dar liga. Cubra e deixe descansar por 10 minutos.
Sove a massa fazendo dobras, com a massa na tigela, puxe uma porção de massa da lateral e pressione-a no centro. Gire um pouco a tigela e repita o processo. Repita por mais 8 vezes.
Cubra e deixe descansar por 10 minutos. Repita as dobras por mais duas vezes com descanso de 10 minutos entre cada rodada de dobras. Depois de ter feito quatro vezes o passo das dobras, cubra a massa e deixe-a descansar por 1 hora.
Enfarinhe uma superfície de trabalho e modele um pão alongado, coloque-o na cesta (polvilhada com farinha de arroz) para fermentação e deixe descansar até quase dobrar de tamanho - de 3 a 6 horas, o meu precisou de 8h.
Preaqueça o forno por 20 minutos a 250ºC. 
Coloque uma assadeira na parte inferior para aquecer junto. Passe o pão para uma pedra de assar ou uma assadeira baixa, faça um corte na superfície do pão e leve-o ao forno.*
Despeje água na assadeira quente que estava no fundo do forno para gerar vapor e diminua a temperatura para 240ºC.
Asse por 30 minutos ou até dourar bem.
Deixe esfriar sobre uma grade antes de cortar. Pela parte cortada é possível observar que não esperei o suficiente, cortei ainda quente, rs
*Assei meu pão num saco de assar carne, eles suportam bem a temperatura e vem com um lacre para fechamento que não permite a saída do vapor, deixando o pão com a casca crocante. Nesse caso dispense a assadeira com água.
Fiz meia receita acima e rendeu um pão médio.


Excelente final de semana a todos!!

4 comentários:

  1. Olá Cristina: estás uma especialista em pão. Este , para além de lindo,é bem diferente com a adição do tomate.Deve ser tão bommm!!!!
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  2. Mais um pão maravilhoso né amiga?
    Você está arrasando e eu babando com suas receitas.
    Essa casquinha crocante é tudo de bom, parabéns pelo lindo e
    obrigada pela receita preciosa!

    Abençoado findes, fique com Deus!
    Bjoos ♥

    ResponderExcluir
  3. Que lindo pão, Cristina! Suas receitas com fermento natural estão umas melhores que as outras!
    Fiz um pão sem sova com alecrim e azeitonas, e estas predominaram sobre o alecrim, acredito que com o tomate os sabores ficam mais harmoniosos.
    beijos e bom final de semana

    ResponderExcluir
  4. Oi Cris,
    Fiquei imaginando o cheirinho deste pão saindo quentinho do forno! Deve ser delicioso!
    Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim!
Obrigada e volte sempre!