terça-feira, 3 de julho de 2018

Pão de Abóbora Cabotiá e Mel com Fermentação Natural

Coisa linda de viver esses pães rústicos de fermentação natural, estou apaixonada, a aparência, a crocância da casca, a textura do miolo, o aroma e o sabor me encantam completamente!
E essa receita em especial leva meu ingrediente favorito...abóbora!
Não deixe de experimentar essa sugestão, você vai amar. ;D

Pão de abóbora cabotiá e mel com fermentação natural
(ligeiramente adaptada do grupo Levain- Aline Galle)

- 350g de farinha de trigo, aproximadamente (comece com 300g)
- 120g de farinha manitoba*
- 280g de água gelada
- 180g de abóbora cabotiá assada e amassada
- 120g de fermento natural (levain)
- 40g de mel
- 8g de sal

Preparo:
Misture as farinhas com a água e deixe na geladeira por 2h, isso se chama autólise.
Após esse período, adicione o fermento, a abóbora e o mel e sove por aproximadamente 15 minutos ou até atingir o ponto de véu. Junte o sal e sove por mais 2 minutos. Usei a mfp para sovar.
Deixe a massa descansar por 30 minutos. Depois desse tempo faça uma série de quatro dobras na massa, levando as bordas para o centro. Repita esse processo 4x, com intervalos de 30 minutos, totalizando 2h.
Após a última série de dobras, deixe descansar por 30 minutos. Modele e coloque no cesto de fermentação. Leve à geladeira por 8h. Retire e observe o crescimento da massa, se creceu 1/3 do seu tamanho inicial, pode ir ao forno, caso contrário, deixe em temperatura ambiente (TA) até que complete a fermentação.
Aqueça o forno a 250ºC com a panela tampada dentro (uso panela de ferro). Retire o pão do cesto, faça cortes na superfície (use a referência que preferir), coloque na panela forrada com papel antiaderente (uso Dover) ou polvilhada com fubá, tampe para gerar vapor e leve ao forno. Após 30 minutos retire a tampa da panela, baixe a temperatura para 200ºC e asse por mais 20-30 minutos ou até atingir a cor desejada.

* Originário do Canadá, o trigo utilizado na farinha manitoba possui alto teor de glúten, resultando em uma farinha com mais força e resistência, ideal para processos de panificação de longa fermentação.  

O sabor da abóbora não fica perceptível, já o mel aparece de forma sutil e agradável e a cor, ahh, a cor é maravilhosa!  




Excelente semana a todos!!

11 comentários:

  1. Que pão maravilhoso com um aspeto excelente e esse cor adoro, deve ter um sabor delicioso.


    Blog - O Cantinho dos Gulosos

    ResponderExcluir
  2. Uau! Estás feita numa grande especialista em pão. Ficou lindo, bem fofinho por dentro e com a crosta que parece bem crocante.
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  3. Olá, amada Cristina!
    E não tem como a gente se apaixonar por pães e quando feito dessa maneira é mais apaixonante ainda.
    Eu ainda estou com o meu fermento a fermentar o tempo frio demora mais.
    O seu pão está perfeito, parabéns!

    Beijinhos no seu ♥

    ResponderExcluir
  4. Andréa querida, obrigada!Fermento não gosta muito de frio, mas em breve estará forte e pronto para vc se aventurar!
    Bjos

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim!
Obrigada e volte sempre!