quinta-feira, 1 de agosto de 2019

Pão Tortano de Calabresa

Tortano, típico pão italiano, tradicionalmente encontrado no sul da Itália nas regiões de Nápoles e Calábria, recheado principalmente com linguiça. Essa é uma versão com fermento natural e biológico, que pode perfeitamente ser preparado com apenas um deles, respeitando as proporções e o tempo de fermentação.
A fatia corresponde a emenda, por isso apresenta uma quantidade menor de recheio, eu particularmente prefiro a sutileza, a proporção ficará a gosto.
O resultado foi surpreendentemente saboroso, depois de fatiado, como se dizia antigamente, não deu para quem quis!

Pão Tortano de calabresa
(adaptado daqui)

- 600g de farinha de trigo
- 360g de água
- 6g de banha, manteiga ou azeite
- 3g de fermento biológico seco
- 120g de levain (fermento natural)
- 12g de sal
- 1.200g de calabresa fatiada, aproximadamente, usei 800g*
- orégano a gosto

Preparo:
Misture toda a farinha com a água, até formar uma bola rústica. Deixe descansar na geladeira por 2h, é o que chamamos de autólise.
Depois desse tempo acrescente o levain, o fermento biológico seco e comece a sovar (usei a mfp).
Durante o processo de sova, acrescente o azeite (ou o que for usar) aos poucos. Quando a massa já estiver lisa e homogênea junte o sal e continue sovando até atingir o ponto de veú.
Deixe descansar por no mínimo 3h. Divida a massa em duas partes, dê um descanso de 30 minutos mantendo-as cobertas com pano de prato.
Com ajuda de um rolo, abra uma das partes num retângulo e distribua o recheio de forma que cubra toda a superfície, polvilhe com orégano. Enrole como um rocambole, reserve.
Abra a segunda massa e distribua o restante da calabresa, polvilhe orégano. Coloque o primeiro rolo (rocambole) sobre essa segunda massa e enrole novamente. Sim, enrole a primeira dentro de segunda.
Coloque numa forma grande de furo central, previamente untada. Deixe descansar por 2-3h.
Cubra a assadeira com papel alumínio ou com outra vasilha que funcione como tampa (usei uma bacia de inox) e asse a 200ºC por aproximadamente 1h. Remova a tampa e asse por mais 20 minutos ou até dourar.

*Eu fritei a calabresa previamente num fio de azeite, deixando escorrer bem antes de empregar. A maioria das receitas usa a calabresa defumada sem fritar. 


Excelente final de semana a todos!!

quinta-feira, 18 de julho de 2019

Frango ao Curry com Coco e Castanha de Caju

Tinha certeza que havia publicado essa sugestão de frango ao curry no blog, uma opção deliciosa e reconfortante!Um arroz branco para acompanhar e pronto!

Frango ao curry

- 1,250g de peito de frango em cubos
- 1/2 colher (sopa) de cominho em pó
- 1/2 colher (sopa) de cúrcuma
- suco de 2 limões
- 1/2 colher (sopa) de mostarda em grãos
- 2 folhas de louro
- 2 cebolas gdes em fatias finas/ 3 dentes de alho picados
- 1/2 colher (sopa) de gengibre ralado
- 1/2 litro de leite de coco
- 250g de ervilhas congeladas
- 150g de castanha de caju torrada e salgada
- coentro (usei salsa), sal e pimenta-do-reino a gosto
- óleo o qto baste, usei azeite

Preparo:
Numa tigela coloque o frango, o cominho, a cúrcuma e o suco de limão, deixe marinar por 30 minutos.
Aqueça o óleo (quantidade suficiente para dourar o frango). Junte o frango e deixe dourar de todos os lados, retire e reserve.
Coloque mais um fio de azeite (ou óleo) e junte os grãos de mostarda, quando começarem a pular, acrescente o louro, a cebola, o sal, a pimenta e misture.
Quando a cebola estiver ligeiramente dourada, junte o alho, o gengibre e aguarde que soltem seu perfume. Acrescente o curry e aguarde 1 minuto. Devolva o frango à panela, adicione a ervilha, o leite de coco e cozinhe até que o frango esteja macio e o molho encorpado.
Acerte o sal e a pimenta, junte as castanhas e o coentro, misture e retire do fogo.
Sirva com arroz branco.


Excelente final de semana a todos!!


segunda-feira, 8 de julho de 2019

Pão de queijo e um Viva aos Padeiros

Uma das grandes delícias da vida é poder apreciar pão de queijo quentinho com uma boa xícara de café!
Essa foto postei há algum tempo no instagram @blogaboborameninacristina, agora trago a receita pra cá, porque pão de queijo nunca é demais!
E como hoje, 08 de julho é dia do padeiro, não posso deixar de parabenizar a todos que de alguma maneira se identificam com a arte de fazer pão! Parabéns e belas fornadas!!

Pão de queijo
(Cozinha Prática - @ritalobo)

- 2 xícaras de polvilho azedo
- 1 xícara de polvilho doce
- 1 1/2 xícaras de queijo meia-cura ralado grosso
- 3 ovos
- 1 1/2 xícara de água
- 1/4 xícara de óleo
- 1 colher (chá) de sal

Preparo:
Preaqueça o forno a 200ºC. Separe duas assadeiras antiaderentes ou untadas.
Numa panelinha ferva a água e o óleo. Numa tigela misture os polvilhos e o sal.
Despeje aos poucos a mistura fervida sobre os polvilhos para escaldar. Mexa bem com uma colher de pau até incorporar todo líquido. Espere amornar (atenção: espere mesmo), adicione o queijo ralado e misture bem. Adicione um ovo de cada vez, misturando vigorosamente a cada adição.
A massa terá uma textura rústica, pegajosa e com gruminhos.
Passe um pouco de óleo nas mãos e com ajuda de uma colher retire porções de massa fazendo bolinhas com cerca de 6cm de diâmetro ou do tamanho que preferir. Distribua nas assadeiras preparadas, deixando um espaço entre eles. Leve assar por cerca de 40 minutos até crescer e dourar a gosto.
Se quiser congelar, leve as assadeiras com as bolinhas modeladas ao congelador. Quando estiverem firmes, transfira para um saco próprio. Para assar, aqueça o forno a 180ºC e leve os pães de queijo do congelador direto ao forno. Duram até 3 meses.


Excelente semana a todos!!



domingo, 23 de junho de 2019

Pizza de Páscoa

Difícil para mim resistir a um novo livro sobre panificação, principalmente vindo de um padeiro que admiro, sem firulas, sem exibicionismo, receitas simples de pães acessíveis a todos!
Falo do Luiz Américo Camargo e do seu lançamento, Direto ao Pão.
Assim que chegou meu exemplar, eu já sabia qual receita testar...a Pizza de Páscoa, uma especialidade da Itália central, que tem aparência de panetone, mas é salgada e típica da Páscoa, não do Natal. Independente de toda controvérsia, é de fato, muito saborosa.

Pizza de Páscoa

- 370g de farinha de trigo - 2 2/3 xícaras
-3 ovos
- 100g de queijo pecorino ralado fino - 1 1/3 xícara
- 50g de queijo parmesão ralado fino - 2/3 xícara
- 120ml de leite em temperatura ambiente - 1/2 xícara
- 60ml de azeite de oliva extravirgem - 1/4 xícara
- 4g de fermento biológico seco instantâneo - 1 colher (chá)
- 4g de sal - 1 colher (chá)
- 1 pitada de pimenta-do-reino moída na hora
- 1 pitada de açafrão em pó (opcional)

Preparo:
Numa tigela grande, misture o leite e o fermento com uma espátula. Se for usar o açafrão, esse é o momento, dilua-o junto (eu usei).
Adicione os ovos ligeiramente batidos e misture. Acrescente os queijos (ralados no ralo fino se integram melhor à massa). Junte a farinha (reserve cerca de 2 colheres (sopa) para adicionar na hora da sova, se necessário).
Misture bem para incorporar os ingredientes, já apertando e dobrando a massa sobre si mesma com uma espátula. Junte o azeite de uma vez, mexendo bem para incorporá-lo à massa.
Adicione o sal e a pimenta-do-reino distribuindo-os bem pela massa.
Comece a sovar, aperte e estique a massa delicadamente. A massa é macia, sua textura é leve e ligeiramente rugosa, se precisar use a farinha que reservou para esse momento.
Trabalhe apenas o suficiente para que fique homogênea e bem misturada, cerca de 5 minutos.
Modele uma bola, volte para a tigela, cubra com papel filme ou pano. Deixe descansar por 2h (deixei 3h).
Separe dois ramequins com cerca de 12cm de diâmetro cada, levemente untados com azeite ou use formas de papel, daquelas próprias para panetone, foi o que usei.
Despeje a massa sobre uma superfície enfarinhada, abaixe ligeiramente a massa para aplainar.
Divida em duas porções iguais. Modele uma bola com cada parte, disponha nos ramequins ou na forma de panetone. Se preferir faça apenas um pão grande. Cubra e deixe descansar por meia hora (deixei 1h).
Preaqueça o forno a 200ºC por 30 minutos. Coloque as formas numa assadeira plana e leve para assar por no mínimo 25 minutos ou até que fiquem bem dourados.
Retire do forno e deixe esfriar por alguns minutos antes de desenformar. Deixe sobre uma grade para esfriar completamente.


Excelente semana a todos!!

terça-feira, 11 de junho de 2019

Brownie com Nozes

Pra mim, brownie tem cara de outono, recém saído do forno ou aquecido mais tarde, se torna uma sobremesa certeira quando acompanhado de uma bola de sorvete de creme, difícil resistir!
Preparei esse sem muito trabalho, a receita é simples, prática e o resultado delicioso.

Brownie com nozes
(adaptado daqui)

- 200g de chocolate amargo, usei blend
- 150g de manteiga, sem sal
- 1/4 colher (chá) de sal
- 170g de açúcar mascavo, usei 150g
- 3 ovos grandes em temperatura ambiente
- 70g de farinha de trigo integral, usei farinha branca (por pura distração)
- 25g de noz pecan picadas, usei um mix de nozes tradicionais, pecan e castanha grosseiramente moídas que eu tinha em casa
- 1/4 colher (chá) de fermento em pó
Para cobrir: 
- 80g de noz pecan picadas grosseiramente, não pesei, apenas dispus algumas sobre a massa
- sal marinho, não usei

Preparo:
Preaqueça o forno a 170ºC. Unte bem uma assadeira (usei de 18x25cm, caso queira um brownie mais alto, use uma menor), forrei com um papel especial (dover) que não gruda.
No microondas ou em banho-maria, derreta o chocolate picado com a manteiga, misture bem até não haver grumos de chocolate.
Adicione o sal e o açúcar e misture muito bem, usar um fouet facilita.
Adicione os ovos, um a um, batendo bem a cada adição. Adicione a farinha, as nozes e o fermento em pó, misture bem, mas não bata em excesso.
Despeje na assadeira e alise a superfície. Disponha as nozes pecans picadas grosseiramente ou inteiras se preferir, polvilhe uma pitada de sal (se for usar).
Asse por cerca de 25 minutos ou até as bordas estarem definidas e firmes, mas o centro ainda macio e úmido, verifique com um palito.
Deixe esfriar completamente sobre uma grade ou sirva morno com uma bola de sorvete de creme.

Excelente semana a todos!!