sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Pão de Cenoura com Fermentação Natural

Comecei minhas experiências com fermento natural no início desse ano, ou seja, há alguns meses e já tenho uma lista gigantesca de sugestões para experimentar.
O pão feito com o suco da cenoura é uma delas, com uma massa aromática e amarelinha, rendeu um interior macio e ligeiramente mais úmido.
Dessa vez postarei a receita ao estilo usado na panificação, parece complicado, mas não é. Use sempre como base os 100% de farinha de trigo para saber o valor dos outros ingredientes, assim é possível fazer o pão do tamanho desejado. Ao lado de cada ingrediente anotarei o quanto usei para que consigam entender melhor. 

Pão de cenoura com fermentação natural

- 100% de farinha de trigo branca - 350g
- 70% de suco de cenoura - 245g
- 30% de levain, fermento natural - 105g
- 2% de sal - 7g
- 3% de açúcar demerara orgânico - 10,5g

Preparo:
Misture a farinha com o suco de cenoura* e deixe descansar na geladeira por cerca de 2h.
Acrescente o levain e o açúcar e sove até atingir o ponto de véu. Adicione o sal e sove por mais dois minutos. Deixe a massa descansar por 30 minutos. Inicie o processo das dobras.
Faça quatro dobras, puxando um lado da massa para o centro, girando a tigela, repita três vezes.
Deixe descansar mais 30 minutos e repita o processo, ao total serão quatro procedimento de dobras a cada 30 minutos.
Modele o pão e coloque no cesto de fermentação. Deixe fermentar até atingir cerca de 2/3 do tamanho inicial, caso queira retardar o crescimento, deixando-o mais lento, leve a massa à geladeira.
Asse em panela de ferro tampada, preaquecida por 30 minutos à temperatura de 250ºC por 20 minutos, destampe a panela, reduza a temperatura para 230ºC e asse até que doure a seu gosto.

*Para fazer o suco bata as cenouras cruas e sem casca com 245g de água, coe, pese novamente, se faltar junte mais água até atingir o pedido na receita e empregue.

Ótimo final de semana a todos!!

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Bolo de Banana com Chocolate, Amêndoas e Canela

Se tem algo que não falta aqui em casa, são bananas na fruteira. Quando elas passam demais do ponto para serem consumidas in natura ou enriquecer uma vitamina de frutas (adoro), elas provavelmente estão perfeitas para entrar numa receita de bolo ou virar um doce cremoso!
Salvei várias sugestões de bolo de banana no instagram, hoje optei por essa pela simplicidade no preparo e porque conseguiria usar todas as frutas que eu tinha.
O resultado me surpreendeu, o perfume do bolo no forno toma conta da casa, a textura dele ainda morno com os pedacinhos de chocolate derretendo e a casquinha crocante que se forma na superfície, fazem dele um bolo imperdível!

Bolo de banana com chocolate, amêndoas e canela
(adaptada daqui)

- 2 xícaras de banana amassada, cerca de 4-5 bananas médias
- 1/2 xícara de óleo vegetal
- 1 xícara de açúcar mascavo
- 2 ovos grandes
- 1 colher (chá) de extrato de baunilha, usei essência
- 1 xícara de farinha de trigo
- 1 xícara de farinha de trigo integral
- 1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
- 1/2 colher (chá) de fermento em pó químico
- 3/4 colher (chá) de sal
- 1 colher (chá) de canela em pó
- 1/4 xícara de amêndoas grosseiramente moídas ou pode trocar por nozes, ambos opcionais
- 1/4 xícara de gotas de chocolate meio-amargo
- 1/4 xícara de gotas de chocolate ao leite, pode substituir por chocolate picado
*As xícaras usadas são de 240ml

Para a cobertura: Misture 1 colher (sopa) de açúcar (usei metade cristal e metade demerara)+ 1/2 colher (chá) de canela em pó

Preparo:
Preaqueça o forno a 180ºC. Unte e enfarinhe uma forma de bolo inglês (usei de 23x10cm).
Numa tigela amasse as bananas para formar um purê. Misture o óleo, os ovos, o açúcar e a baunilha.
Em outra tigela, misture as farinhas, o bicarbonato, o fermento, o sal, a canela em pó e as amêndoas moídas.
Junte os secos aos líquidos e misture bem, acrescente as gotas de chocolate e mexa delicadamente apenas para incorporar o chocolate.
Coloque na forma preparada, polvilhe a cobertura e leve ao forno por aproximadamente 50 minutos ou até o teste do palito sair limpo.
Deixe esfriar por 10-15 minutos sobre uma grade, solte as laterais e desenforme para esfriar completamente.


Excelente semana a todos!!

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Bolinhos de Amêndoas


Uma porção de amêndoas de bobeira num pote pediam um fim digno, seria extremante injusto deixá-las lá abandonadas, assim nasceram esses bolinhos.
A receita pedia que fossem banhados em uma calda açucarada de maçã, optei por mantê-los simples e gostei do resultado.

Bolinhos de amêndoas
(ligeiramente adaptada daqui)

- 1/2 xícara + 1 colher (sopa) de manteiga sem sal, amolecida
- 3/4 xícara + 1 colher (sopa) de açúcar refinado
- 1 colher (chá) de extrato de baunilha
- 2 ovos
- 1 xícara + 1 colher (sopa) de farinha de trigo
- 1/3 xícara de farinha de amêndoas (amêndoas moídas)
- 1 e 1/4 colher (chá) de fermento em pó
- 1/2 xícara de leite integral

Preparo:
Preaqueça o forno a 180ºC. Unte com manteiga forminhas de muffin com capacidade para 1/2 xícara cada (120ml). Usei de silicone, mas grudaram mesmo assim. :(
Na batedeira, bata a manteiga, o açúcar e a baunilha até obter uma mistura clara e cremosa. Junte os ovos um a um, batendo bem a cada adição. Peneire a farinha de trigo, a farinha de amêndoas e o fermento sobre a massa e misture em velocidade baixa até incorporar. Adicione o leite e mexa delicadamente com uma espátula, sempre de baixo para cima.
Despeje a massa nas forminhas e asse por 15-20 minutos ou até que cresçam e dourem.
Deixe esfriar sobre uma grade.


Bom final de semana a todos!

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Arroz com grão-de-bico assado, amêndoas e curry

Quem vem sempre aqui já me ouviu declamar meu amor por pratos à base de arroz. São práticos e deliciosos, sem falar que para mim, funcionam como uma refeição completa.
Costumo salvar todas as sugestões que aparecem na minha timeline e só não as preparo com maior frequência porque meu filho não compartilha desse apreço comigo. 
Confesso que foi a primeira vez que cozinhei com grão-de-bico, isso mesmo, a primeira vez! Apesar de saber de suas propriedades benéficas sempre torci o nariz para essa leguminosa e olha que adoro homus, vai entender!

Arroz com grão-de-bico assado, amêndoas e curry
(site Panelinha)

- 1 vidro de grão-de-bico, usei de 210g
- 2 colheres (chá) de cominho em pó
- azeite, cerca de 2 colheres (sopa)
- sal e pimenta-do-reino a gosto

Preparo:
Preaqueça o forno a 200ºC. Escorra o grão-de-bico e coloque numa assadeira antiaderente.
Regue com azeite, polvilhe o cominho e tempere com sal e pimenta. Chacoalhe a assadeira, misturando bem os temperos. Asse por aproximadamente 45 minutos, chacoalhando a assadeira de vez em quando. Reserve.

Para o arroz, preparei do meu jeito de sempre, apenas acrescentei 1 folha de louro e 1 colher (chá) de curry durante o cozimento. Se quiser as quantidades exatas, a receita do site tem tudo detalhado, basta clicar no link. Depois de pronto o arroz, acrescente o grão-de-bico reservado e amêndoas laminadas a gosto. Sirva a seguir.

Agora que experimentei o grão-de-bico em seu formato original, certamente outras receitas virão, aguarde!

Uma excelente semana a todos!!

terça-feira, 16 de outubro de 2018

WBD 2018 - Pão de Fermentação Natural com Especiarias, Cranberry e Cereja

No dia 16 de outubro celebra-se o Dia Mundial do Pão.
Mais uma vez somos convidados nesse dia especial, a confeccionar nosso próprio pão!É o evento, World Bread Day, hospedado pela Zorra, do blog Kochtopf.
No início desse ano comecei minha caminhada na fermentação natural, ganhei uma isca de levain e me apaixonei, um caminho sem volta, que nos faz querer fazer pães todos os dias.
Como não poderia ser diferente, escolhi para hoje um pão rústico, de fermentação natural, enriquecido com frutas e especiarias.Um resgate ao preparo mais artesanal desse alimento milenar que está em muitas mesas ao redor do mundo.
Venha, junte-se a nós, faça a experiência de preparar seu próprio pão e compartilhe essa ideia!


Pão de fermentação natural com especiarias, cranberry e cereja

- 250g de farinha de trigo branca
- 50g de farinha integral
- 210g de água
- 90g de fermento natural, levain
- 9g de mel
- 6g de sal
- 1/8 colher (chá) de gengibre em pó
- 1/8 colher (chá) de noz-moscada
- 1/8 colher (chá) cravo em pó
- 1/8 colher (chá) de canela em pó
- 40g de cranberry e cereja desidratada

Preparo:
Misture as farinhas e a água até formar uma bola. Deixe descansar na geladeira por 2h (autólise).
Depois desse tempo acrescente os demais ingredientes, menos as frutas e sove até atingir o ponto de véu.
Junte as frutas e sove por mais 1-2 minutos apenas para agregá-las.
Deixe a massa descansar por 30 minutos. Inicie o processo de dobras, puxando a massa das laterais para o centro, 4 dobras são suficientes. Deixe descansar por 30 minutos e repita o processo das dobras. Faça isso mais duas vezes, serão 4x no total no decorrer de 2h.
Modele, coloque no cesto de fermentação (polvilhado com farinha de arroz para não grudar) e deixe crescer até dobrar 2/3 do tamanho inicial. Eu costumo preparar a massa à noite e deixar fermentando na geladeira até o dia seguinte.
Preaqueça o forno a 250ºC por 30 minutos com a panela tampada dentro (uso de ferro). Transfira o pão para a panela forrada com papel dover (que não gruda) ou polvilhada com fubá. Faça cortes na superfície do pão para escapar o vapor e ajudar no crescimento da massa.
Asse por 30 minutos com a panela tampada, retire a tampa e devolva a panela ao forno, baixe a temperatura para 230-200ºC (vai depender do seu forno), até que o pão esteja dourado e completamente assado.
Deixe esfriar sobre uma grade antes de cortar.

Excelente semana a todos!!